Setembro amarelo, alerta sobre a vida e sua valorização

Gostou do artigo, então compartilhe!

Setembro amarelo, como valorizar a vida e ficar atento ao outro.

Setembro Amarelo: o mês de setembro é conhecido como ” setembro Amarelo“, significando a valorização da vida. Contudo é uma grande dor saber que os números de suicídios continuam aumentando. Atualmente a Organização Mundial da Saúde já considera este problema uma epidemia.

Portanto tal ação reflexiva se faz necessária porque, infelizmente, por ano, segunda Organização Mundial da Saúde ( OMS), cerca de 800 mil pessoas desistem da vida. É como se a cada 40 segundos alguém deixasse de viver.

setembro amarelo

É um tema delicado a ser abordado como prevenção a nível internacional. Se sabe que 90% dos suicídios poderiam ser evitadas.

Atenção ao outro, fará toda a diferença.

Então vamos ficar mais atentos as pessoas  que nos rodeiam, parentes, vizinhos, amigos; pois se estivermos conectados no mundo real e não somente no virtual, iremos notar as mudanças e poderemos evitar esta  dor que não só prejudica quem tira  sua vida como  a de seus familiares e amigos que ficam se culpando  por não terem notado esta mudança pessoal  e poder ter evitado.

Deus nos deu o maior presente que poderíamos ganhar:

A VIDA e não temos o direito de interrompê-la  bruscamente. A dor, a tristeza, as decepções, o vazio, os problemas não irão terminar, pelo contrario, irão aumentar; isto para quem parte e para quem fica.

Precisamos  também te o cuidado que o suicídio não é somente as formas bruscas que são cometidas ao corpo, como : tiro, enforcamento, doses elevadas de remédio, faca.

O suicídio  é também não cuidar da sua saúde, da mente. É beber exageradamente, com frequência, fumar demasiadamente, não praticar exercícios, de tal forma a não cuidar de sua saúde. Aos poucos você está tirando sua vida, sua saúde, estará cometendo um suicídio indireto. Certamente não está cuidando do seu maior presente dado por Deus.

Repense, cuide-se, valorize sua vida, ela é única, não tem review, pelo  menos nesta vida. Repense sua forma de viver, a vida é uma constante melodia, às vezes alegria, outros momentos tristezas, mas com certeza Deus  dá a cada um a dor  que poderá suportar. Todos os momentos são de aprendizado.

Tenha  fé, supere, acredite, viva feliz até o seu último minuto, não desperdice tempo, a vida, deixe ela dançar a sinfonia do amor.

Leia também:

https://rosemarthies.com.br/o-equilibrio-da-vida-como-base-para-tranquilidade-da-alma/

Deixe ela correr no tempo correto, programado pelo Pai Maior.

Em síntese: Seja feliz e faça os outros felizes.

 


Gostou do artigo, então compartilhe!

Deixe um comentário

avatar